Trabalhe Embarcado Através do Concurso da Marinha Mercante
Marinha Mercante Trabalhar Embarcado

→ Como trabalhar embarcado? Concurso Marinha Mercante

Você deseja saber Como Trabalhar Embarcado ingressando através do Concurso Marinha Mercante? Neste artigo analisaremos as formas de entrar por concurso e trabalhar embarcado na Marinha Mercante. Os ganhos altos e a experiência de viajar para vários os lugares do mundo por mar atrai cada vez mais pessoas. Além disso, os ingressantes também são atraídos pela possibilidade de terem férias de 6 meses por ano, ganhando muito bem. Vamos dar todas as dicas de Como Trabalhar Embarcado e você poderá trabalhar na Petrobrás, ou trabalhar em navios, conteineiros, petroleiros, rebocadores, entre outros, tendo um curso superior ou mesmo não tendo nenhuma formação, podendo trabalhar como cozinheiro, taifeiro, moço de convés, moço de máquinas, etc. Então, quer aprender como entrar na Marinha Mercante?

Assim, neste artigo você encontrará informações importantes sobre como trabalhar embarcado. A seguir, abordaremos os seguintes assuntos:

  • 4 passos para Trabalhar embarcado, um caminho certeiro!
  • Como entrar na Marinha Mercante.
  • Concursos da Marinha Mercante.
  • Como é o processo seletivo para admissão na EFOMM.
  • Curso para trabalhar em Navio.
  • Curso de Taifeiro Marítimo.
  • Curso para trabalhar em Navios.
  • Curso Eletricista na Marinha Mercante

Os 4 passos para trabalhar embarcado, um caminho certeiro!

Apesar de trazer alguns detalhes neste artigo, passaremos a seguir um link para um vídeo com informações que você não encontrará na Internet. Ao final deste vídeo, você terá acesso a um caminho para conseguir ingressar na Marinha Mercante de maneira bem objetiva, com informações passo a passo sempre atualizadas com as leis brasileiras!

Descubra o segredo de vários trabalhadores embarcados a partir da perspectiva de alguém que já trabalha há anos e que conseguiu ter uma carreira de sucesso na Marinha. Após ver o vídeo completo, você descobrirá que pode alcançar sucesso profissional e dar uma guinada em sua vida profissional. Então, se você realmente quer acertar na escolha, saber as informações do que fazer para trabalhar embarcado (e também o que não fazer de errado), veja este passo a passo que separamos para você aqui.

Como entrar na Marinha Mercante

Aqui você aprenderá como entrar na Marinha Mercante. Obrigatoriamente, após a conclusão do curso no programa de ensino da instituição, o aluno precisará passar por cursos para se especializar. Por precisarem ficar no mar por tanto tempo, muitos acabam desistindo da carreira pois acabam ficando longe dos familiares por conta da profissão. Mas existem muitos pontos positivos.

  • EFOMM (Escola de Formação de Oficial da Marinha Mercante): para ingressar no curso é preciso ter até 23 anos de idade, o curso tem duração de três anos. Assim, após a conclusão do curso, o aluno se graduará como Bacharel em Ciências Náuticas. Durante o curso, o aluno viverá sob regime de internato, recebendo um soldo militar de pouco mais de um salário mínimo. Após a conclusão do curso, o aluno egresso receberá uma diferença de soldo que pode chegar a 20 mil reais.
  • Oficial com curso superior: há outra forma de ingresso na Marinha Mercante para quem já tem curso superior. Nesse caso, a pessoa passará por uma prova e um treinamento. O treinamento terá a duração total de um ano, porém nas mesmas escolas.
  • Formação de Marinheiros da Marinha Mercante: também é possível ingressar na marinha mercante como marinheiro através do Curso de Formação de Aquaviários (CFAQ). Esse curso é oferecido pelas principais sedes da Marinha e para ingressar há alguns requisitos. Será necessário ter o ensino fundamental, passar por uma prova de concurso e ser indicado por alguma empresa desse setor.
  • Cargos de cozinheiro, mecânico, eletricista, enfermeiro e taifeiro de navios: nesse caso, a pessoa precisará comprovar que exerce alguma das profissões mencionadas. Haverá também um processo de adaptação a ambientes marítimos, sendo que a Marinha abrirá concursos para essa função dependendo das necessidades.

Concursos da Marinha Mercante

Dessa forma, homens e mulheres que tenham entre 17 a 23 anos e desejam trabalhar na Marinha Mercante devem prestar um concurso. Após a conclusão do curso, caso o(a) candidato(a) seja aprovado(a) previamente, se tornará Bacharel em Ciências Náuticas.

Portanto, a primeira fase do ingressante será a de estudar em regime de internato durante três anos, depois haverá estágio em campo (no mar) que deverá ser concluído em até dois anos. Porém, o tempo ideal para a realização do estágio é de um ano embarcado, sendo 11 meses ativo com 1 mês de férias para ver a família. Após a formatura o aluno receberá o título de Bacharel em Ciências Náuticas.

Depois que concluir o estágio, receberá o título de 2º Oficial de Máquinas ou de Náutica da Marinha Mercante. Assim, esses títulos terão validade internacionalmente, com nomeação para segundo-tenente da reserva de 2ª classe da Marinha.

Um Guia sempre atualizado para trabalhar embarcado

Existe um guia passo a passo para conseguir a Caderneta de Inscrição e Registro (CIR) e assim fazer um Curso para trabalhar em Navios entre outros. É um guia profissional, feito para pessoas decididas a realizarem algo concreto. Não são dicas de internet, afinal, esta é uma decisão importante e precisa ter fontes confiáveis, não é mesmo?

Se você leu o artigo até aqui é porque realmente está levando a sério a possibilidade de ingressar na Marinha Mercante. Antes de fazer qualquer inscrição para cursos ou pagar taxas para concurso da Marinha Mercante, veja este artigo (link abaixo) de um funcionário real da Marinha Mercante. É importante que veja o que ele tem a dizer para ter acesso e começar sua carreira embarcado!

Esta página do link abaixo, contém um vídeo com os argumentos, depoimentos de outras pessoas que ingressaram e a informação de como adquirir o passo a passo. Há um tempo, este guia estava com valor promocional. Vale cada centavo, porque você terá acesso a alguns bônus importantes (que serão um diferencial), além do guia, que podem ser o melhor investimento que fará na sua vida.

Já mudou a vida de muitas pessoas que adquiriram este passo a passo. Você verá os depoimentos no final. Caso consiga o guia que indicamos com o valor promocional, você ainda terá a opção de parcelamento.

Através de um método de 4 passos você aprenderá como trabalhar embarcado, conhecendo vários países, ganhando ótimos salários e tirando 6 meses de férias por ano. Veja tudo agora neste link.

Concurso Marinha Mercante para Trabalhar Embarcado

Ajuda de custo para os ingressos no curso da EFOMM

Além disso, durante o curso os matriculados receberão ajuda de custo de cerca de R$ 1.100,00. Após a conclusão do curso, os Bacharéis em Ciências Náuticas receberão salários de cerca de R$ 4.770,00. Há um limite de idade para quem se interessa em ingressar na EFOMM que é de 17 a 23 anos de idade. O processo de admissão é realizado anualmente, para as Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante – EFOMM do CIAGA (Rio de Janeiro – RJ) e do CIABA (Belém – Pará).

Confira aqui os requisitos para se inscrever na EFOMM

  • É preciso ser cidadão brasileiro (de ambos os sexos), com idade de 17 a 23 anos.
  • É necessário ter concluído o Ensino Médio ou equivalente ao Ensino Médio para prestar a prova.
  • Não ter antecedentes criminais ou condenações por sentença penal transitada em julgado.
  • Você precisa estar em dia com as obrigações civis e militares.
  • O candidato não deverá ter o julgamento de “incapaz definitivamente” para o Serviço Ativo das Forças Armadas ou das
  • Forças Auxiliares; ou para o Serviço Militar Inicial.
  • Para prestar o concurso não pode ser ex-aluno da EFOMM, não ter sido expulso da escola por questões disciplinares. O mesmo vale para expulsão ou exclusão de qualquer serviço ou organização militar.
  • O concursante precisa ter registro no Cadastro de Pessoas Físicas, ou seja, é preciso ter CPF.
  • O candidato também deve ter um documento oficial de identificação válido e com fotografia (RG).
  • O pagamento da taxa de inscrição deve ser realizado até a data do vencimento.
  • As instruções constantes no edital devem ser cumpridas.

Como é o processo seletivo para a admissão na EFOMM?

Há quatro etapas no processo seletivo da EFOMM pelas quais o candidato deve passar para conseguir ingressar na Marinha Mercante:

  1. Etapa de Exames de Conhecimento: serão provas escritas de conhecimento nas matérias de língua portuguesa, matemática, física, redação e inglês. Todas serão de caráter eliminatório e também classificatório.
  2. Etapa da Inspeção de Saúde: Nessa etapa os candidatos serão somente convocados, caso tenham passado no exame de conhecimentos. O candidato passará por exames médico-periciais que analisarão alguma condição incapacitante para o exercício do cargo, conforme estão descritas no site da ⦁ Marinha.
  3. Exame de Suficiência Física: após terem sido aprovados na inspeção de saúde, os candidatos também terão que passar pelo exame de suficiência física. Esse exame analisará basicamente a capacidade física para correr e nadar. Há diferenças de caráter eliminatório para homens e mulheres. No caso de homens: devem correr 2.300 metros em até 12 minutos; além disso nadarem 50 metros em até 2 minutos. Para mulheres, elas deverão correr 1.900 metros em no máximo 12 minutos e nadar 50 metros com tempo máximo de 2 minutos e 20 segundos.
  4. Fase de Pré-Matrícula: Os candidatos que forem classificados nas etapas anteriores e forem classificados serão convocados para a pré-matrícula. A matrícula será efetivada após um período de adaptação do aluno na Estrutura Organizacional da Instituição e início de sua formação militar.

Curso para Trabalhar em Navio

Há cursos que são obrigatórios para navios e cruzeiros na área em que o candidato deseja trabalhar. Esses cursos obrigatórios são exigidos pela Marinha do Brasil para o trabalho embarcado (offshore):

Obrigatórios:

  • O CBSP (Curso Básico de Segurança de Plataforma) – esse é um curso básico de segurança de plataforma obrigatório para todos os profissionais que querem trabalhar embarcados. Isso, independente da função que poderão exercer.
  • CURSO DE HUET: esse curso é obrigatório como o básico de segurança para os profissionais que embarcam através de helicóptero.

Cursos específicos:

Há também as opções de cursos avançados e mais específicos para as funções que o trabalhador embarcado terá a bordo. O site oficial da Marinha do Brasil disponibiliza alguns cursos específicos institucionais, em diversas áreas como:

  • Curso de formação: Curso de Formação de Oficiais da Marinha Mercante.
    Aperfeiçoamento: Curso de Aperfeiçoamento para Oficial de Náutica, Curso de Aperfeiçoamento para Oficial de Máquinas.
  • Atualização: Curso de Atualização de Náutica para Oficiais, Curso de Atualização para Práticos.
  • Cursos Especiais: Acesso a 2º Oficial de Máquinas, Básico de Automação, Básico de Conscientização sobre Proteção de Navios, Básico de Navios-Tanque para Gás Liquefeito, Básico de Navios-Tanque Petroleiro e Para Produtos Químicos, Cuidados Médicos, Embarcação Rápida de Resgate, Embarcações de Sobrevivência e Salvamento, Gerência de Passadiço para Oficiais, Gerenciamento de Recursos de Praças de Máquinas, Inquérito Administrativo sobre
  • Acidentes e Fatos da Navegação, etc. Verifique mais cursos especiais disponíveis no site da Marinha Mercante, há muitos.
  • Curso Expedito: Curso de Atendimento ao Público Externo.

Especializações:

Há também inúmeros cursos de especialização para pessoas que desejam trabalhar em navios cruzeiros de empresas particulares. Consulte o site da empresa na qual você está interessado(a) ou os principais requisitos de ingresso para o trabalho. Há determinados cargos que precisam de algum curso específico como necessário para a contratação, por isso é importante verificar todas as exigências do trabalho desejado.

Curso de Taifeiro Marítimo

O taifeiro é o profissional responsável pela arrumação, limpeza e cozinha dentro de uma embarcação. Os salários de taifeiros são significativos, por conta de se tratar de uma profissão offshore. Os profissionais precisam ficar distantes de suas famílias por um período de tempo, porém as férias são proporcionais a esse período em alto-mar. Além disso, uma outra vantagem é que as despesas básicas do funcionário serão pagas pela empresa enquanto estiver embarcado. Para ser taifeiro marítimo será necessário um curso de qualificação com carga horária mínima de 160 horas, bem como o CBSP e o HUET que são exigências da Marinha.

Competências de um Taifeiro Marítimo

  1. Arrumação, limpeza e higienização de camarotes, bem como de enxovais de acordo com as melhores práticas de segurança.
  2. Atuação da preparação e cozimento dos alimentos de passageiros e tripulação. O taifeiro também pode exercer a função de garçom, por exemplo, na cozinha.
  3. Satisfazer as necessidades e expectativas dos tripulantes e colegas de trabalho, agindo de forma amigável e ética.
  4. O taifeiro também é responsável por aplicar as Normas de Segurança e Meio Ambiente, garantindo a integridade física dos tripulantes e de sua plataforma.

A maior parte das empresas offshore no Brasil se encontram hoje no Estado do Rio de Janeiro, sendo algumas unidades de propriedade da Petrobrás e outras pertencentes a outras empresas.

Cursos de Como Trabalhar Embarcado em Navios

Conforme dito acima, são inúmeros os cursos e especializações necessários para o trabalho embarcado em navios. O CBSP e o HUET são obrigatórios para todos que desejam trabalhar embarcados. Porém de acordo com suas escolhas de função dentro do navio, será necessária a realização de cursos mais específicos de capacitação. Os cursos de capacitação lidarão tanto com eventuais situações de risco, como com preparações específicas para a função que o embarcado exercerá quando estiver em alto mar.

A marinha oferece anualmente cursos específicos de capacitação àqueles que cumprirem os requisitos de seleção indicados pelo Concurso da Marinha Mercante. Há cursos especiais também oferecidos por instituições particulares fora o CBSP e o HUET, como por exemplo:

  • Curso de Espaço Confinado
  • Curso de Trabalho em Altura
  • Curso de Movimentação de Cargas
  • Curso de Homem de Área / Rigger / Sinaleiro

Os cursos para trabalhar em navios indicados acima, consistem em ensinamentos básicos relacionados à segurança durante a viagem em embarcação. Além disso, constituem áreas de estudo que permitem o ingresso como trabalhador embarcado. No site da Marinha Mercante também é possível encontrar uma série de áreas com cursos disponibilizados para ingresso e especialização na área. É preciso consultar os editais específicos dos cursos procurados, para verificar as qualificações e requisitos necessários.

No próprio site da Marinha, na subseção de Ingresso há um link para uma área de Concursos da Instituição. Nesse endereço você encontrará a previsão de concursos da Marinha Mercante e processos seletivos divulgados. Isso inclui os concursos para cursos oferecidos pela própria Marinha para ingresso em carreiras offshore.

 

Marinha do Brasil

Conclusão sobre as informações para Trabalhar embarcado

Se você deseja trabalhar embarcado ou realizar algum concurso da Marinha Mercante, saiba que será necessário se preparar adequadamente. Verifique os editais, saiba quais as qualificações necessárias para o cargo desejado e além disso, estude a língua inglesa. Será importante você estar bem capacitado para se dar bem nas provas que terá que realizar para esse tipo de trabalho embarcado.

Saiba que você poderá ficar um tempo considerável, como um semestre fora de casa. Porém, terá o direito de ter o mesmo tempo de descanso. Portanto, se você trabalhar embarcado durante 6 meses terá direito a 6 meses de férias e ainda com uma excelente remuneração. A carreira de um trabalhador embarcado pode ser uma excelente opção caso você esteja procurando um trabalho bem remunerado. Porém, será preciso passar por um período curto de experiência para verificar se você se adapta à vida em alto mar.

Você sabia que como técnico de enfermagem ou com outra profissão mais simples você pode ganhar até 12.000 reais por mês trabalhando embarcado? Assista ao vídeo que lhe ensinará o caminho detalhado, passo a passo, sobre como ingressar em 4 profissões da Marinha Mercante. O vídeo lhe ensinará tudo sobre como se formar como cozinheiro, taifeiro, moço de convés/máquinas e enfermeiro de embarcações. Parece bom demais para ser verdade? Veja por si mesmo no link acima.

Um método de 4 simples passos testado e comprovado que já foi usado por milhares de pessoas com resultados reais. O método mostrado no vídeo é o único disponível que lhe mostrará como é possível ganhar mais de 100 mil reais por ano trabalhando embarcado.